O artista e seu público

A imagem mostra duas pessoas observando quadros no que parece ser uma exposição. Uma mulher está mais ao fundo. Ela tem a pele branca, cabelos curtos levemente avermelhados e veste uma blusa vermelha de botões brancos sob um casaco marrom. Está obervando as telas com as mãos para trás. Em primeiro plano um homem de pele negra, usando óculos e vestindo uma camisa branca com listras cinzas. Ele está com um braço cruzado no peito e um dedo apoiando o queixo, em uma expressão concentrada.



Entre o artista e seu público: percepções. Arte é um termo usado para denominar a capacidade transformadora e/ou manipuladora que os seres humanos possuem.

O homem não cria, pois nunca parte do vazio, do nada. Ele manipula, e através dessa manipulação, ele chega a uma obra de arte, ou não.

A sua capacidade individual de perceber novas possibilidaddes, e sua ação transformadora, trabalhadas em conjunto com a imaginação, é que vão determinar um bom trabalho artístico, ou seja, uma obra de arte.

Como tudo sofre ação de forças externas, e o homem não foge disso, ele está propenso a mudanças dentro do processo construtivo. Cabe, então, à sua capacidade técnica contornar as adversidades e transformá-las a seu favor.

Essa união de fatores é o que vai demonstrar a qualidade de uma obra, visto que as pessoas em geral (em qualquer tempo histórico) julgam um trabalho apenas por um ou outro fator ( exemplo: beleza ou temática ).

Dessa forma, uma obra acaba sendo composta por tantos elementos que muitas vezes a temática ou a beleza tornam-se irrelevantes perante toda a obra.

por:
Marco Baptista
Emersom Morais